Família na contemporaneidade

“Não importa se se trata de uma mãe solteira com seu único filho, de uma família resultante de cinco casamentos, com dez filhos vindos de todas as uniões anteriores, de um par homossexual que resolveu adotar uma criança; seja como for, cabe aos adultos que assumiram o encargo de uma criança, o risco e a responsabilidade de educá-la e prepará-la para a vida, na medida em que isto é possível. Mas a dívida para com a família perdida nos deprime, nos faz sentir que somos sempre insuficientes como pais, mães e educadores, já que de saída estamos fora do modelo da família tal como ‘deveria ser’. A mesma cultura moderna que nos manda fazer tudo diferente do que nossos pais e mães fizeram – e assim nos mantêm ao desabrigo de toda transmissão da experiência – nos diz que o ideal, perdido como todo ideal, era que fôssemos exatamente como nossos pais e mães ou, mais difícil ainda, como nossos avós”.

*

“No importa si se trata de una madre soltera con su único hijo, de una familia resultante de cinco matrimonios, con diez hijos venidos de todas las uniones anteriores, de un par homosexual que resolvió adoptar un niño; como sea, corresponde a los adultos que se encargaron de un niño, el riesgo y la responsabilidad de educarla y prepararla para la vida, en la medida en que esto es posible. Pero la deuda con la familia perdida nos deprime, nos hace sentir que siempre somos insuficientes como padres, madres y educadores, ya que de salida estamos fuera del modelo de la familia tal como ‘debería ser’. La misma cultura moderna que nos manda hacer todo diferente de lo que nuestros padres y madres hicieron – y así nos mantienen al desabrigo de toda transmisión de la experiencia – nos dice que el ideal, perdido como todo ideal, era que fuéramos exactamente como nuestros padres y madres o, más difícil aún, como nuestros abuelos ”

Maria Rita Kehl, Lugares do feminino e do masculino na família, em A criança na contemporaneidade e a psicanálise. Tradução: Caroline V Nogueira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.